Vigilia Pascal conta com a participação de vários fiéis em Rio Paranaíba
16 abr 2017 0 Visualizações
A+ a-

A sagrada liturgia da Vigilia Pascal celebrada na noite deste último sábado (15) em toda Igreja, recorda a ressurreição de Jesus Cristo que sofreu a pior morte de todas: a morte de cruz. Em Rio Paranaíba, a celebração teve início foram da Igreja Matriz quando o pároco abençoou o fogo santo e, acendeu solenemente o Círio Pascal.

Às escuras, os fiéis e o sacerdotes adentraram ao templo com as velas acesas simbolizando que o Cristo Senhor ressurgiu dos mortos e está vivo entre nós. A proclamação da Páscoa foi cantada pelo sacerdote e acompanhada por toda assembleia presente na Igreja.

Foram proclamadas sete leitura constante na Liturgia da Palavra que, segundo Pe. Maurino em sua pregação, contam a história da Salvação do povo de Deus ao longo dos anos até chegar em Jesus. Após a proclamação do evangelho, o sacerdote ainda fez uma breve reflexão sobre a liturgia do dia explicando que significado da celebração e, bem como, suas ações litúrgicas como o acender das velas que nos recorda que Cristo ressuscitou dos morte e fez brilhar a luz eterna; a proclamação das leituras e do Evangelho que conta história da salvação; o batismo ou a renovação das promessas batismais que nos chama a renunciar todo o mal imposto pelo inimigo diante de nossas fraquezas e, por fim, a liturgia eucarística que, nos leva recordar que o Cristo já não se faz presente na forma humana, mas que nos deixou seu corpo e seu sangue como prova viva da sua presença em nosso meio.

Após a homilia, o sacerdote abençoou a água que seria aspergida e convidou os fiéis para acenderam suas velas no Círio Pascal para a renovação das promessas batismais. No término da celebração, Pe. Maurino agradeceu a todas as pessoas que colaboraram para o bom andamento da Semana Santa em Rio Paranaíba e desejou a toda comunidade um feliz e Santa Páscoa.

Texto: Gilberto Martins