Notícias

Muita alegria e confraternização marcaram o primeiro dia da Festa de São Francisco das Chagas

Foto: Gilberto Martins/PASCOM
Foto: Gilberto Martins/PASCOM

A décima segunda edição de festa em louvor a São Francisco das Chagas começou com muita alegria e confraternização entre as famílias. Conforme e programado, às 19h deu-se início a primeira novena com a participação do EJC, Ministros Extraordinários da Comunhão Eucarística, da Palavra, do Matrimônio, RCC e toda comunidade paroquial.

Logo em seguida, o pároco Pe. Wesley Balbino iniciou a celebração eucarística com a participação das comunidades rurais de Arcos e Campinhos, ambas tendo com padroeiro, São Geraldo Magela.

Durante sua primeira homilia já dentro da festa de São Francisco, o sacerdote levou os fiéis a uma profunda reflexão sobre a vida de São Francisco, através do Evangelho. “Se olharmos a vida de São Francisco perceberemos que no seu agir está presente seu ideal de santidade. Não tenhamos medo de fazer a opção pelo caminho da luz; Jesus é a luz do mundo e quem segue Jesus Cristo, não anda no caminho das trevas, no caminho do pecado e o caminho da ruptura da comunhão de vida e de amor com o Cristo Jesus”. Afirmou o sacerdote.

Antes de encerrar a celebração, Pe. Wesley agradeceu a presença das comunidades de Arcos e Campinhos e pronunciou sobre a abertura das festividades em louvor a São Francisco das Chagas: “Que seja para todos da paróquia, um momento oportuno de oração e confraternização. O primeiro objetivo da festividade religiosa é a sua dimensão espiritual; procurar identificar as virtudes presentes no coração de São Francisco das Chagas. E o segundo objetivo é a dimensão da confraternização entre as famílias: com um clima de fé, respeito e diálogo. Que isso possa estar presente ao longo das nossas festividades. A alegria de São Francisco, a alegria de ser igreja, a alegria de estar presente no coração de sua comunidade. Que seu agir revele seu ideal de fé que brota do coração eucarístico de Cristo e que sai com o coração aberto para o próximo”. Conclui.

Após a celebração eucarística, aconteceu a movimentação das barraquinhas, onde várias pessoas foram prestigiar e se confraternizarem com seus familiares e amigos. Muita diversão, descontração marcaram esta primeira noite de festa em Rio Paranaíba.

Nesta sexta-feira recebemos a visita da comunidade de Palmeiras, que participará da liturgia da Santa Missa. A novena acontece sempre às 19h e logo em seguida a celebração eucarística.  Participe conosco!

 

Texto e fotos: Gilberto Martins 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.