Notícias

Igreja Matriz fica pequena para visita pastoral do bispo diocesano

Foto: Gilberto Martins/PASCOM
A Igreja Matriz ficou pequena para receber os fiéis que foram participar da celebração eucarística com o bispo diocesano, Dom Cláudio Sturm. (Foto: Gilberto Martins/PASCOM)

O bispo diocesano de Patos de Minas, Dom Cláudio Nori Sturm esteve na noite desde domingo (01) em Rio Paranaíba para uma visita pastoral. O clérigo chegou na cidade acompanhado pelo seminarista Acólito Antônio Sousa por volta das 18h40 e foram recebidos pelo pároco, Pe. Wesley Balbino.

A Igreja Matriz ficou completamente lotada para a celebração em ação de graças do segundo domingo da Quaresma. Na oportunidade, Dom Cláudio disse que é sempre uma satisfação voltar à Rio Paranaíba, onde ele encontra as fontes da sua espiritualidade como frade franciscano capuchinho: “Uma comunidade que tem como padroeiro, São Francisco, deve também encontrar nele, sempre um modelo de segmento de Jesus Cristo, sobretudo o seu cuidado com os pobres, com os doentes e leprosos. Uma comunidade que cuida e que zela também pela pessoas carentes e isto, pude observá-lo quando estive na visita pastoral. Por isto, espero que essa comunidade continue dando bons frutos e sempre dando muita alegria ao coração de Cristo e também do bispo”, conclui.

Após a celebração eucarística, Pe. Wesley agradeceu Dom Cláudio pela visita e disse que a presença do bispo sempre enriquece e anima todos os fiéis na fé. “As suas palavras são muitas orientadoras para nossa caminhada quaresmal em preparação a Páscoa. Jesus é o único e o necessário para nossa vida. Não nos deixamos levarmos pelo encantamento do mundo, mas saibamos identificar e perceber que Jesus é o único e necessário para nossa vida”, concluiu o sacerdote convidando todos os jovens presentes na celebração, para receber a bênção do bispo diocesano.

O sacerdote ainda acolheu os jovens universitários que estão chegando na cidade para mais um ano letivo na Universidade Federal de Viçosa, campus Rio Paranaíba (UFV-CRP): “Recordamos que amanhã, inicia-se o ano letivo da UFV e então, os jovens que estão chegando pela primeira vez em nossa Paróquia São Francisco das Chagas, sejam bem-vindos, sintam-se acolhidos e amados pela igreja”, conclui.

DSC07374
Pe. Wesley, Dom Cláudio e o Acólito Antônio Sousa (Foto: Gilberto Martins/PASCOM)

Dom Cláudio, no entanto, voltou-se para os jovens: “Não se afastem de Jesus Cristo, não se afastem da comunidade e da igreja. Estudem! O ano acadêmico começa e há muitas curiosidades, muitas coisas a serem descobertas. Mas, a uma só coisa que não podemos perder de vista: A verdadeira luz. Porque às vezes, a luz da razão, pode nos fascinar e aí, às vezes podemos ofuscar a luz verdadeira que vem de Deus. A luz da fé vem sempre em auxilio da luz da razão. Não é contrária! A verdadeira luz que vem de Deus, ilumina também a luz da nossa razão e assim, a compreensão será muito mais profunda e atingiremos a verdadeira sabedoria. Comecem bem o ano acadêmico e que não sejam só o sucesso o objetivo, mas seja o conhecimento da verdade, a sabedoria humana em sintonia com a sabedora divina”, exortou o bispo diocesano aos jovens.

Antes porém, de se despedir da comunidade, Dom Cláudio apresentou aos fiéis o seminarista Acólito Antônio Sousa que o acompanha e que se preparando para o diaconato e para o sacerdócio. O bispo pediu a comunidade para que rezasse pelo acólito, para que ele seja sempre um ‘bom servidor’ da igreja.

Texto e fotos: Gilberto Martins – Editor e Graduando em Jornalismo

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.