Notícias

Igreja Matriz fica pequena para a Cerimônia do “Lava-pés”

A Igreja Matriz ficou pequena para receber os fiéis. (Foto: Gilberto Martins/PASCOM)
A Igreja Matriz ficou pequena para receber os fiéis. (Foto: Gilberto Martins/PASCOM)

A Igreja Matriz de Rio Paranaíba voltou a ficar repleta de fiéis para mais uma celebração da Semana Santa. A solene celebração eucarística do “Lava-pés” abre de forma oficial o Tríduo Pascal onde a Igreja no mundo inteiro celebra a Paixão, morte e Ressurreição de Jesus Cristo, no Domingo de Páscoa.

O pároco de Rio Paranaíba, Pe. Wesley Balbino ajudou os presentes a compreenderem o diálogo de Jesus Cristo com Pedro no momento do Lava-pés. Segundo o sacerdote, é percebível por nós que Jesus coloca o amor e o serviço caminhando de mãos dadas, pois apresentou-nos o mandamento do amor, do serviço, da gratuidade, e da disponibilidade. “Jesus Cristo amou até o fim e este amor vem repleto da dimensão do serviço e da gratuidade. A primeira lição que podemos extrair da atitude de Jesus Cristo, é lavar os pés dos discípulos. Feito isso, iremos realizar plenamente a vocação que Deus nos confiou quando nos colocamos em atitude de serviço, gratuidade e disponibilidade na edificação dos valores do Reino de Deus”, concluiu.

Pe. Wesley lava os pés dos agentes de Pastorais e membros dos movimentos. (Foto: Gilberto Martins/PASCOM)
Pe. Wesley lava os pés dos agentes de Pastorais e membros dos movimentos. (Foto: Gilberto Martins/PASCOM)

Pe. Wesley ainda falou sobre a instituição da Eucaristia feita por Jesus Cristo após o ato do lava-pés. Ele afirmou que a Eucaristia é o ápice e o coração da Igreja e que nada pode substituir a Eucaristia na vida da comunidade e do cristão. Com isso concluiu: “A Eucaristia é o alimento espiritual e quando receber Jesus presente na eucaristia, Cristo permanece conosco e nós permanecemos com Cristo. Isto quer dizer que a Eucaristia fortalece o princípio de unidade e a comunhão de vida e de amor com Cristo Jesus”.

Após a sua homilia, o sacerdote repetiu o ato que Jesus fez ao lavar os pés dos apóstolos e disse: “Peçamos neste momento com nosso cântico, que Deus nos ensine a sempre nos colocarmos em atitude de serviço e de gratuidade. Jesus conclui essa fala com seus discípulos, dizendo: ‘Deu-lhes este exemplo, façais uns aos outros’”. Foram reunidas doze pessoas de diversas pastorais e movimentos da paróquia para representarem os discípulos e Pe. Wesley, no entanto, lavou e beijou os pés de cada representante.

Início da Vigília de adoração do Santíssimo Sacramento. (Foto: Gilberto Martins/PASCOM)
Início da Vigília de adoração do Santíssimo Sacramento. (Foto: Gilberto Martins/PASCOM)

Logo após a Oração pós comunhão, foi dada início a Vigília Pascal, onde durante toda a noite e dia, todas as pastorais, movimentos, escolas e fiéis passaram e passarão para Igreja Matriz para fazer sua adoração ao Santíssimo Sacramento. O pároco conclui a celebração dizendo: “A partir deste momento a Igreja se silencia-se porque Cristo amou até o fim e este é o momento de unirmos nossas orações com toda Igreja. O Santíssimo ficará exposto a noite inteira em adoração pelas pastorais e movimentos e toda comunidade é chamada a participar também nesta Sexta-Feira Santa ao longo dia, visitando Cristo presente na eucaristia e reservemos um momento de oração. Cristo presente na eucaristia tem sede almas para adora-lo e um dos caminhos para o crescimento da fé é quando nos colocamos em atitude de oração; rasgar o nosso coração diante de Cristo presente na eucaristia e assim iremos descobrir o quanto somos amados e queridos por Deus que enviou seu próprio Filho Jesus para nos salvar e reconciliar cada um de nós na comunhão com Deus”.

Nesta Sexta-Feira Santa (03), teremos durante todo o dia a adoração ao Santíssimo Sacramento da Igreja Matriz e logo após, às 15h, teremos a Celebração da Palavra com a Eucaristia da Adoração da Cruz, ou tradicionalmente conhecida com o “Beijo da Cruz”. No período noturno, dando continuidade na programação, teremos às 18h no Ginásio Poliesportivo da Praça de Esportes, a encenação da Paixão e morte de Jesus Cristo realizada por toda Juventude Franciscana (EAC, MAC, EJC, Pastoral Universitária e Juventude Vicentina). Em seguida, teremos a procissão com o Senhor Morte, saindo do Poliesportivo, passando pela Rua João Leandro e indo até o Cemitério Municipal.

Pedimos que nesta procissão, os fiéis levem suas velas. Participe conosco deste momento memorial em nosso Igreja.

Fotos e Textos: Gilberto Martins – Editor e graduando em Jornalismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.