Notícias

GO com a participação das Irmãs da Sagrada Família reúne centenas de fiéis

Centenas de fiéis participaram do Grupo de Oração na noite desta segunda-feira. (Foto: Gilberto Martins/PASCOM)
Centenas de fiéis participaram do Grupo de Oração na noite desta segunda-feira. (Foto: Gilberto Martins/PASCOM)

O terceiro dia da exposição em comemoração aos 50 anos das Irmãs da Sagrada Família que está sendo realizada na Igreja Matriz de São Francisco das Chagas, atrai a atenção de várias pessoas em Rio Paranaíba. Durante o todo dia, as irmãs que estão na cidade realizando a exposição desde o último sábado, dia 18, receberam a visitadas de várias pessoas que foram revê-las e recordar dos momentos em que elas estiveram presente na vida comunitária na paróquia.

Jovens que conviveram com as irmãs e que foram catequizados por elas, também compararam e ficaram encantados não só com a visitadas das religiosas, mas também pelo grande acervo de fotos e objetos que a exposição possui. A locutora da Rádio Paranaíba AM, Thais Flávia foi uma das jovens que visitaram as irmãs na tarde desta segunda-feira (20) e segundo ela, foi muito bom reencontrar as irmãs que foram responsáveis pela sua catequização na infância. “Foi muito gratificante reencontrar as irmãs que participaram da minha caminhada na catequese na infância. Com toda certeza é uma grande emoção revê-las”, disse a locutora.

Jovens que foram catequizandos das irmãs foram visita-las na tarde desta segunda-feira. (Foto: Gilberto Martins/PASCOM)
Jovens que foram catequizandos das irmãs foram visita-las na tarde desta segunda-feira. (Foto: Gilberto Martins/PASCOM)

No período noturno, a Renovação Carismática Católica (RCC) da paróquia realizou o grupo de oração com a presença de centenas de fiéis que foram para visitar a exposição e participar do momento de oração. Ao término do Grupo de Oração, Nivaldo Santos, zelador da Igreja Nossa Senhora de Fátima e membro da RCC, agradeceu a presença das irmãs na paróquia e convidou-as à frente para falar à comunidade.

Irmã Edvaneide Sales, que é natural de Salitre de Minas, recordou os vários momentos e disse: “Este ano estamos realizando nosso jubileu e completamos agora, dia 15 agosto, 50 anos de congregação. E é claro, dentro de várias atividades que estão acontecendo desde o ano passado, tem a nossa exposição itinerante. Claro que Rio Paranaíba não poderia ficar de fora dessa. Eu lembro quando a gente estava anotando as cidades onde iríamos, a primeira cidade que veio, foi Rio Paranaíba. Então, Rio Paranaíba não podia ficar de fora, até porque aqui é o berço da minha vocação, foi aqui que iniciei a minha vocação e minha família é de Serra do Salitre. Já tenho 16 anos que estou na congregação, então eu comecei jovem e conheci várias pessoas que marcaram a minha caminhada, enquanto vocacionada e enquanto pessoa. Com certeza vocês também se tornaram para nós, uma família e nós, enquanto Irmãs da Sagrada Família queremos dizer a vocês que amamos muito vocês povo aqui de Rio Paranaíba”, disse a Irmã em um breve discurso.

Também a Irmã Martins, que passou por Rio Paranaíba entre 1993 e 1997 dirigiu aos fiéis palavras de agradecimento pelo carinho com elas foram recebidas na cidade, bem como a Irmã Vanessa que é a consagrada mais nova de toda congregação e a Leiga Missionária Aparecida, de Niterói que está acompanhando as irmãs.

Irmã Vanessa em entrevista concedida à Pastoral da Comunicação.
Irmã Vanessa em entrevista concedida à Pastoral da Comunicação.

Em entrevista exclusiva para a Portal Paróquia São Francisco das Chagas, Irmã Vanessa Souza conta como surgiu o desejo de ingressar na Congregação das Irmãs Missionárias da Sagrada Família e como foi abandonar tudo para seguiu a sua vocação à vida consagrada. “Para mim de início foi muito complicado deixar a minha mãe. Porque naquela época morávamos apenas eu e ela e então, para mim, uma das maiores dificuldades foi realmente deixa-la. Mas o restante, não foi tão difícil, porém, tem as suas dificuldades, mas consegui supera-las e adaptar com muita facilidade”, conclui a religiosa.

A exposição segue ainda até a quarta-feira (22), até o meio-dia, quando as Irmãs juntas com o casal de leigos-missionários que as acompanham, seguem para Santana do Parnaíba, no estado de São Paulo, onde reside a Irmã Aparecida, que muitas pessoas perguntaram por ela durante a visitas.

Confira abaixo, a entrevista exclusiva com a Irmã Vanessa Souza.

A Pastoral da Comunicação (PASCOM) continuará acompanhando a exposição e trazendo todos os detalhes para nossos leitores.

Texto e fotos: Gilberto Martins – Editor e Graduando em Jornalismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.