Notícias

Rebanhão de Carnaval 2016 tem grande participação de fiéis em Rio Paranaíba

Vários fiéis participaram da celebração eucarística de encerramento do evento nesta terça-feira. (Foto: Gilberto Martins/PASCOM)
Vários fiéis participaram da celebração eucarística de encerramento do evento nesta terça-feira. (Foto: Gilberto Martins/PASCOM)

Foi encerrado na noite desta terça-feira (09) em Rio Paranaíba, o Rebanhão de Carnaval realizado pela Paróquia São Francisco das Chagas e organizado pela Renovação Carismática Católica (RCC). Centenas de fiéis participaram do evento nas quatro noites de festa e puderam ter uma programação diferente durante o período carnavalesco.

O evento teve início no sábado (06) com a apresentação da banda Missão Alfa e Ômega da cidade de Patrocínio, que levou os participantes a terem um encontro pessoal com Deus. No domingo por sua vez, a Comunidade Brisa Leve voltou à Rio Paranaíba e repetiu a dose de alegria, animação e reflexão. Em ritmo contagiante, a banda Brisa Leve não deixou ninguém parado com as tradicionais músicas católicas tocadas no ritmo carnavalesco.

Na segunda-feira, o pregador e coordenador da RCC na Diocese de Patos de Minas, João Batista também voltou à Rio Paranaíba e levou os fiéis uma reflexão sobre a misericórdia de Deus em suas e como ser misericordioso como o Pai é misericordioso. Já, nesta terça-feira, encerrando o evento, os ‘servos’ da RCC de Rio Paranaíba fizeram a festa com o público participantes.

Vários fiéis participaram da programação que teve início às 18h com a adoração ao Santíssimo Sacramento e em seguida, a celebração eucarística, presidida pelo pároco, Pe. Wesley Balbino. Durante a celebração o sacerdote destacou que “ninguém conseguirá ser missionário da misericórdia de Deus sem realizar mudanças profundas em sua maneira de pensar e de agir.

Confira na íntegra, a mensagem do pároco durante a celebração eucarística.

“Deus deseja nos abraçar com a Sua misericórdia. Ninguém está excluído da misericórdia de Deus. Sem misericórdia de Deus, a vida se transforma num canteiro de tédio. Tudo é tão triste. Tudo é tão vazio. Ninguém conseguirá ser missionário da misericórdia de Deus sem realizar mudanças profundas em sua maneira de pensar e de agir.

Não podemos permitir que a crueldade do mundo, tire de nós a capacidade de ajudar o outro, de acreditar no outro, na sua conversão. Se você não é capaz de colocar os seus pés em direção daquele que sofre, não pode ser chamado de missionário da misericórdia de Deus. Não deixemos que o poder destruidor do pecado nos leve a fecharmos os nossos corações para Deus, para a Sua misericórdia, para o Seu perdão, para Jesus Cristo e a Sua Igreja. Desprezar a misericórdia de Deus é fechar as portas o céu e abrir as portas do inferno.

São Pedro adverte-nos: “O vosso adversário, o diabo, rodeia como um leão a rugir, procurando a quem devorar” (cf. I Pd 5,8). O pecado entra em nossa vida quando vê a porta de nosso coração aberta ou mal fechada. Deus não cansa de perdoar é nós que cansamos de pedir perdão. Na confissão recebemos o abraço misericordioso de Deus. A verdadeira paz na consciência brota da misericórdia e do perdão de Deus.

Deus não admite atalhos. Deus não se chega pelos atalhos; pois Jesus Cristo é o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vai ao Pai senão por mim (cf. Jo 14, 6). O mal sempre nos oferece atalhos. Pelos atalhos que o pecado chega a nossa vida. Faça algo que leve à conversão, leve ao arrependimento, leve à confissão de seus pecados, leve ao propósito de mudança, o desejo de fugir do pecado. Deus não cansa de nos oferecer a Sua misericórdia. Nunca é tarde para realizar voltar para Deus.”

Após a celebração eucarística, o sacerdote agradeceu aos fiéis que participaram ativamente dos quatro dias de festa e à RCC pela organização do evento. Da mesma forma, o coordenador paroquial da RCC, Antônio Mendonça, agradeceu aos participantes e aos vizinhos do local pela compreensão da realização do evento.

Para encerrar a noite, ainda teve o momento de louvor com o Ministério de Música Unidos por Cristo de Rio Paranaíba e a pregação com Sr. Antônio. Confira as fotos deste último dia, registrado pela nossa equipe.

Rebanhão - 4º Dia

Texto: Gilberto Martins ­- Editor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.