Formação: A falta de educação na liturgia

Cada vez mais me impressiona a falta de educação nas celebrações litúrgicas, de modo particular na Missa. Isto se faz presente para com o local sagrado, manifestando no modo de se vestir, por exemplo, e até mesmo de falar alto dentro de uma Igreja, antes da celebração e no momento da celebração.

São evidências de uma falta de catequese, mas também de um discernimento em favor de respeito para com o espaço onde pessoas e a comunidade encontram-se com Deus.

Hoje, o uso do celular durante a Missa aumentou o grau de desrespeito para com a Celebração. A questão beira a falta de educação, do ponto de vista social. Já vi pessoas de todas as idades usando o celular dentro da Igreja, durante alguma celebração, sem contar os pais que deseducam seus filhos, contribuindo com o distanciamento do sagrado, permitindo que eles fiquem totalmente alheios à celebração, brincando com joguinhos no celular. A educação de desligar, ou ao menos, colocar o celular no vibratório, é esquecida por muitos que participam de nossas celebrações.

Outro dia, um padre me contava que durante a celebração do Batismo, o celular da madrinha tocou e ela atendeu, pedindo ao padre que tivesse um pouco de paciência porque precisava atender o telefone. Um pai de uma noiva comentou comigo que um dos padrinhos de sua filha atendeu o celular no presbitério, durante a celebração e na frente de todos os convidados. Sei que muitos de nós já fomos molestados com gente atendendo o celular perto de nós, durante a Missa, saindo da Igreja falando alto, respondendo a uma chamada, como se fossem os únicos dentro da Igreja.

A falta de educação está também em adolescentes e jovens, que passam a celebração o tempo todo, brincando, dando risadinhas sem dar a mínima de que alguém gostaria de silêncio para participar da Celebração.

Acrescente-se a isso os casais de namorados que começam a trocar beijos e carícias no meio da assembléia. Pior que isso, no momento da comunhão entram na fila para comungar, com todas as evidências de nenhum tipo de preparação para aquele momento. Infelizmente, também adultos e idosos demonstram pouca educação para com a Celebração e com o espaço celebrativo, quando passam a Missa cochichando, falando uns com os outros.

Em algumas Comunidades é urgente iniciar um verdadeiro movimento em favor da boa educação celebrativa e de respeito para com o espaço celebrativo, principalmente antes das celebrações. Precisar pedir silêncio dentro de uma Igreja para começar a Missa é uma necessidade dispensável, onde se entende o valor da Missa e o respeito pelo espaço celebrativo, a Igreja.

Dom Nelson Francelino

Bispo de Valença

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *