Notíciasslide

Igreja terá 1 nova beata, 27 mártires e 6 servos de Deus

O Papa Francisco recebeu nesta quinta-feira, 12 de dezembro, o Prefeito da Congregação para as Causas dos Santos, Cardeal Angelo Becciu, e autorizou a promulgação de novos decretos que darão à Igreja 1 nova beata, 27 mártires e o reconhecimento das virtudes heroicas de 6 servos de Deus.

O Papa reconheceu o milagre atribuído à intercessão da Venerável Serva de Deus Maria Luisa do Santíssimo Sacramento, fundadora das Irmãs Franciscanas adoradoras da Santa Cruz, que nasceu em 1826, em Soccavo (Itália), e morreu em 3 de setembro de 1886, em Casoria (Itália).

Também reconheceu o martírio dos servos de Deus Ángel Marina Álvarez e 19 companheiros mártires da Ordem dos Frades Pregadores; do servo de Deus Juan Aguilar Donis e 4 companheiros da Ordem dos Frades Pregadores; e do servo de Deus Fructuoso Pérez Márquez, fiel leigo da ordem terceira Dominicana, assassinado por ódio à fé durante a guerra civil espanhola em 1936.

Reconheceu ainda o martírio da serva de Deus Isabel Sánchez Romero, uma religiosa da Ordem Dominicana, assassinada em 17 de fevereiro de 1937, em Huéscar (Espanha).

O Papa reconheceu as virtudes heroicas do Venerável Servo de Deus Vincenzo Maria Morelli, Arcebispo de Otranto (Itália) e pertencente à ordem dos Clérigos regulares teatinos; de Carlo Angelo Sonzini, sacerdote diocesano italiano e fundador da Congregação das Irmãs Servas de São José; e de Americo Monteiro de Aguilar, sacerdote diocesano originário de Portugal.

Também reconheceu as virtudes heroicas dos servos de Deus Julio Facibeni, sacerdote diocesano italiano; Gregorio Tomás Suárez Fernández, sacerdote espanhol e religioso professo da Ordem de Santo Agostinho; e a serva de Deus Maria dos Anjos de Santa Teresa, religiosa brasileira pertencente ao Instituto das Filhas de Maria Religiosas das Escolas Pias.