ArtigosCatequeseFormaçãoNotíciasPastoraisslide

Nós somos parte da Terra, a Terra é parte de nós!

Dom Roberto Francisco Ferreria Paz
Bispo de Campos

   No 1º de setembro celebramos, com os irmãos das Igrejas do Oriente, e todas as religiões, o dia de oração mundial pelo cuidado da Criação. Neste ano 2020, Comemoramos o Jubileu do Dia Mundial da Terra e as preocupações com a sua exaustão e depredação, presentes na famosa Carta da Terra. Abre o chamado Tempo de Cuidado com a Criação que se encerra com a Festa de São Francisco. Nesta data, 04 de outubro, o Santo Padre apresentará a sua Terceira Encíclica sobre a Fraternidade Universal, que aprofunda os propósitos de paz e reconciliação assinados com o Grande Imane de Al- Azhar, Ahmad Al-Tayyeb.

   Momento de reflexão e de conversão ecológica para reduzir nossa pegada e impacto contra a Criação e vivenciar nossa harmonia e comunhão com a Mãe Terra. Neste ano, em que a humanidade se debate na luta contra a pandemia do COVID, esta lembrança nos interpela sobre a origem desta crise sanitária que está certamente ligada a uma crise civilizatória mais abrangente, consequência do modelo tecnocrático e mercantil que nos afastou e rompeu com as nossas raízes naturais e criacionais.

   Vivemos fora de nossa Casa Comum, sem fraternidade e amizade com as demais criaturas, ignorando o ciclo e a reverência para com a vida. Esquecemos que Deus perdoa sempre, a humanidade às vezes e a natureza nunca perdoa nossas manias de autodestruição e arrogância.

   Não haverá vacina, ou cura, contra a pandemia viral, se não curarmos e sanarmos a Terra e nossos relacionamentos para com ela. É hora de sintonizar profundamente com o sonho de Deus sobre a Criação, sua beleza e fantástica biodiversidade, resgatando nossa missão de guardiões da Terra, irmãos de todas as criaturas e coisas, e jardineiros preservadores e cuidadores dos bens e do patrimônio da vida do planeta.

   Uma civilização fraterna, e mais humana, passa pelo cuidado, delicadeza e ternura para com toda a Criação, pois é com ela que nos salvamos. Não existe mais uma Arca de Noé para todas as criaturas, a Aliança pela Vida e sua integridade exige o cuidado integral de toda a Criação. Contra o ecocídio e a pandemia viral, louvamos o Deus da vida, Pai de infinita ternura!