Dedicação da Igreja de Nossa Senhora de Fátima é realizada

(Foto: Gilberto Martins/PASCOM)
(Foto: Gilberto Martins/PASCOM)

A comunidade paroquial de São Francisco das Chagas vivenciou neste último domingo (01), um momento histórico, onde a fé, a emoção e sensação de realização se encontraram num único local para renderem graças a Deus pela construção da Igreja de Nossa Senhora de Fátima. Após inúmeras campanhas realizadas pelos fiéis e o Conselho Comunitário de Pastoral (CCP), o bispo diocesano de Patos de Minas, Dom Frei Claudio Nori Sturm dedicou a Igreja a Deus e a entregou para o uso litúrgico.

Centenas de fiéis participaram da programação que se iniciou às 16h, na Casa de Formação da Pastoral da Criança com a realização da procissão de Nossa Senhora de Fátima até a Igreja, onde foi recitado o terço, tendo a participação do terço dos homens, terço das mulheres e todas as famílias.

A solene celebração eucarística teve iniciou frente à Igreja, quando o coordenador da CCP, Adalberto Silva entregou nas mãos as chaves da Igreja de Nossa Senhora de Fátima ao bispo. O coordenador ainda se pronunciou dizendo que ‘a Igreja é hoje os braços misericordiosos de Jesus Cristo abertos para todos” e que ‘a espiritualidade de Nossa Senhora de Fátima nos ensina que não podemos usar a Igreja, para semear a divisão e o desamor ou discórdia e a indiferença”. Confira a fala do coordenador da CCP, na íntegra.

Dom Claudio, no entanto, repassou as chaves para o pároco, Pe. Wesley para que ele abrisse as portas e convidou os fiéis a entrarem para o interior da Igreja, que ficou pequena para as centenas de fiéis foram participar da celebração e, bem como, ver o sonho de quase 30 anos realizado.

O bispo ungiu e incensou o novo altar. (Foto: Gilberto Martins/PASCOM)
O bispo ungiu e incensou o novo altar. (Foto: Gilberto Martins/PASCOM)

O bispo abençoou as paredes da Igreja, a nova presidência, o altar, o ambão e o sacrário. A celebração eucarística. Em sua homilia, Dom Cláudio destacou que ‘somos uma Igreja missionário em estado permanente de missão’ e concluiu: “Por isso, me alegrou muito de estar aqui hoje e de poder inaugurar essa Igreja e entrega-la para a celebração da liturgia, para os cultos e sacramentos nesta comunidade de Nossa Senhora de Fátima”.

Após a proclamação da Prece Litânica, Dom Cláudio ungiu e incensou o altar em sinal do sacrifício de Cristo se perpetua no mistério. As velas, no entanto, foram acesas pelo pároco, lembrando que Jesus é luz para todos os povos. O Santíssimo foi guardado no sacrário pelo bispo, logo após a liturgia eucarística.

No término da celebração, Pe. Wesley agradeceu a cada pessoa que se dedicou na construção da Igreja de Nossa Senhora de Fátima e, bem como, as que contribuíram nas várias campanhas realizadas em prol da obra. Ele destacou em sua fala: “A Igreja, a Paróquia São Francisco das Chagas, lhes é grata por ter contado com sua presença, com sua ajuda, com a sua doação, na construção da Igreja de Nossa Senhora de Fátima”. Confira o pronunciamento do pároco, na íntegra.

A coordenadora do Conselho Paroquial de Assuntos Econômicos (COPAE), Marlene Marques, leu a ata da celebração, a qual, foi assinada por todos os membros do conselho, da CCP, pelo pároco e por Dom Cláudio.

Em conversa com nossa redação, o bispo diocesano de Patos de Minas destacou a importância de uma cerimônia da dedicação da Igreja de Nossa Senhora de Fátima, na vida da comunidade. Segundo ele, a dedicação da igreja ‘é rito que faz ver a imagem da Jerusalém Celeste e que na Igreja Cristo é sempre presente; Ele como cabeça do corpo místico que é a comunidade com todos os seus membros que formam essa Igreja Viva’.  Confira a entrevista a íntegra.

 

Confira as fotos deste momento!

Dedicação da Igreja de Nossa Senhora de Fátima
Texto: Gilberto Martins – Editor Geral

Fotos: Gilberto Martins e Martha Neves

Mostrar mais

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: