Missa de encerramento da novena de Natal e de formatura marca a noite deste sábado (19)

A celebração eucarística reuniu os coordenadores das novenas de Natal, as famílias que recebem a Mãe Rainha e ainda, os formandos do ensino fundamental. (Foto: Gilberto Martins/PASCOM)
A celebração eucarística reuniu os coordenadores das novenas de Natal, as famílias que recebem a Mãe Rainha e ainda, os formandos do ensino fundamental. (Foto: Gilberto Martins/PASCOM)

A noite deste último sábado foi marcada de dois acontecimentos importantes dentro da celebração eucarística na Igreja Matriz de São Francisco das Chagas. O primeiro, foi o encerramento das novenas de natal, onde reuniu várias famílias que celebraram durante nove dias em preparação para o Natal do Senhor no próximo dia 25.

O outro acontecimento, foi a participação dos alunos concluintes do ensino fundamental da Escola Municipal Padre Goulart que foram render graças a Deus por mais essa etapa vencida. Com a presença dos pais, familiares e amigos, os alunos participaram atentamente da celebração eucarística presidida pelo pároco Pe. Wesley Balbino.

Durante sua homilia, o sacerdote disse que os fiéis não podem fechar seu coração para Deus e nem mesmo para o próximo, pois, segundo ele, “o Menino Jesus só pode fazer sua morada em nossa vida quando abrimos as portas e janelas do nosso coração”. Ainda de acordo com o pároco, “é no acolhimento do outro, que o Cristo Menino Jesus irá habitar em nossa vida”, exortou aos fiéis.

Para encerrar sua homilia na noite deste sábado, para as famílias que participaram das novenas de natal e para os adolescentes e jovens concluintes do ensino fundamental, Pe. Wesley recitou um pequeno texto reflexivo sobre o momento natalino, o qual diz que o cristão deve se reconciliar com Deus para viver um bom natal. Confira o texto na íntegra abaixo:

“Neste Natal, vou reconciliar com Deus, vou dizer: Pai, pequei contra o Céu e contra ti; já não sou digno de ser chamado teu filho (cf. Lc 15, 21). Rezei pouco, reclamei muito. Procurei ajuntar tesouro para a terra, menosprezando a Deus e a minha família. Não tive a humildade e sabedoria para reconhecer os meus erros e as minhas injustiças.

Coloquei as coisas materiais, as coisas do mundo, no lugar de Deus, no coração de minha família. Afastei de minha Igreja, de minha Paróquia, de minha comunidade. Falei mal de minha Igreja, de minha Paróquia, de minha comunidade. Fui a Igreja só quando senti vontade. Fui a Igreja só quando eu precisava, por ocasião de um Batismo, 1ª Eucaristia, Crisma, casamentos, exéquias, etc. Disse não a Deus e a minha Igreja, quando fui chamado para colocar meus dons a serviço da edificação do Reino de Deus; mas, fui o primeiro a criticar negativamente, àquilo que é feito pela minha Igreja. Disse não a Deus e a minha Igreja, quando bateram na minha porta, pedindo a minha ajuda, a minha doação, a disponibilidade, o meu tempo.

Neste Natal, vou reconciliar com o próximo, vou dizer-lhe: perdoa-me; fui uma pessoa difícil de amar, de perdoar, de conviver. Fiz de meu coração uma lata de lixo; um depósito de mágoas e de ressentimentos, de desamor e de ódio. Não pratiquei a caridade e nem o amor fraterno; pensei mais em mim e menos nos outros. Paguei o mal com o mal; roguei praga, julguei e condenei, menti e prejudiquei o próximo. Não fui um bom filho; não cuidei de quem cuidou de mim.

Neste Natal, vou reconciliar com a minha família, vou dizer-lhes: perdoa-me; fui egoísta, só pensei em mim mesmo. Parei pouco em casa. Perdi a minha capacidade de conviver e de saborear a minha família, a alegria de meus filhos e da minha vida. Coloquei as minhas amizades acima de minha família. Coloquei as coisas materiais em primeiro lugar em minha vida, menosprezando a Deus, ao próximo e a minha família. (Pe. Wesley Roberto Balbino)

Cerca de 40 formandos participaram da celebração eucarística na noite deste sábado (19). (Foto: Gilberto Martins/PASCOM)
Cerca de 40 formandos participaram da celebração eucarística na noite deste sábado (19). (Foto: Gilberto Martins/PASCOM)

Antes, porém, de encerrar a missa o pároco ainda dirigiu aos formandos algumas palavras de agradecimento pela participação na celebração e disse que rezou na intenção de cada estudante. “Aos jovens concluintes meu muito obrigado; rezei essa missa na intenção de cada um de vocês e que Deus ilumine os seus passos de fé. Vivam este momento na esperança e sobretudo agradecendo a Deus as graças recebidas. Que Deus esteja sempre iluminando os passos de você e que dê a sabedoria que brota do coração d’Ele. A sabedoria que brota do coração de Deus faz com que percebamos a sua presença em nossa vida e a sua vontade”.

O sacerdote também dirigiu aos coordenadores das novenas de natal, agradecendo-os e pedindo que o Menino Deus possa ilumina-los no trabalho de evangelização que eles realizaram. “Aos coordenadores de novena de Natal meu muito obrigado. Que o Menino Deus possa ilumina-los nesse trabalho de evangelização que vocês realizaram em nossas famílias”.

A programação de natal em Rio Paranaíba já está definida e terá na noite de natal, às 19h30 a celebração eucarística na Igreja Matriz com a participação de todas as famílias e no dia 25, dia do Natal do Senhor, celebração eucarística às 08h na Casa de Formação do Divino Pai Eterno e às 10h na Igreja Matriz.

Reúna a família e participe conosco das celebrações natalinas.

Texto e fotos: Gilberto Martins – Editor e Graduando em Jornalismo

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: